terça-feira, janeiro 31, 2012

C A S A M E N T O

Passamos uma vida inteira sonhando com “O Grande Dia”, uma festa maravilhosa, desenhando o vestido de noiva, colecionando modelo de weeding cake. Sonhamos com o momento de entrar de braços dado com nosso pai na igreja ao encontro do grande amor de nossas vidas. Projetar nosso lar com amor, se prender aos detalhes de decoração que jamais nos importamos antes.

Em fim o “Grande sonhou chegou” e o sonho não pode acabar! A realidade do casamento pode ser dura e algumas vezes pode trazer grandes danos na vida do casal,  até mesmo o divórcio.

Conheci esse livro “O PODER DA ORAÇÃO NO CASAMENTO” por indicação da minha Líder da Teoterapia (Terapia com Deus), a leitura desse livro foi uma das “tarefinhas” ao longo do aprendizado das coisas de Deus.

Levei muito a sério esse relacionamento íntimo com Deus com a ajuda  deste livro, que  ensina muito sobre isso. Aprendi que o casamento só pode se sustentar com a ajuda de Deus, afinal ele é o autor dessa trama (Gênesis 1).

Resultado:
Passei a viver de uma maneira mais intensa, ao contrario de como sentia minha vida antes, meio morna.

Este livro é indicado a casais com probleminhas, com problemões, para casais divorciados, e inclusive, para casais FELIZES!!!

Já presenteei várias amigas com esse livro, porque acredito que ele pode realmente acrescentar muito ao casamento.
Milagres podem acontecer sempre que permitimos a mão de Deus em nossas vidas!!!

bjbjbj

 

4 comentários:

Rogerio Rinaldi disse...

Adoramos o seu blog,é maravilhoso e sempre estamos por aqui conferindo todas as novidades.
Super beijos da Glorinha.
http://sbrincos.blogspot.com
Para ajudar a melhor posicionar o seu blog,clicamos no Google +1

Cléo de Lucca disse...

Adorei a dica... quem sabe assim o meu csamento nao sai!!! hehehehe
Adorei o blog, seguindo!
Beijos
Cleo de Lucca
minhaamigamedisse.blogspot.com

Daiana Rosa Potter disse...

Obrigada pela visita, sejam sempre bem vindos aqui


Bjbjbj

Daiana Rosa Potter disse...

Tem um livro, desta mesma autora, no mesmo estilo que se chama "O poder da mulher que ora! Quem sabe? Bjbjbj